segunda-feira, 4 de abril de 2011

MAXARANGUAPE/RN

Oposição se reúne, em encontro bastante organizado , por iniciativa e orientação do empresário Hipólito Barreto
Toinho Costa (PSDB e atual vice prefeito), Evânio Pedro (sem partido) e Anderson Miguel (PSDC).
Toinho Costa, Hipólito Barreto, Evânio Pedro e Anderso MiguelHipólito Barreto (sem partido) quando do seu discursoHipólito Barreto e Hiran Costa presente para fazer a cobertura do evento para o Jornal LITORALVereador Rogério Cruz (PPS) - Dom Marcolino/ Distrito de Maxaranguape/RNKrizaldo (PC do B)Vereador Alexandre Costa (PSB)Aldo Medeiros (DEM)Evânio Pedro, Anderso Miguel e Buieco ao fundo
Oliveira - um dos 13 pré candidatos prejudicados por Amaro em 2008Toinho Costa, dona Marta e Rogério Cruz

Por iniciativa do empresário Hipolito Barreto, oposicionista convicto ao sistema político ora instalado em Maxaranguape e comandado pelo ex prefeito Amaro Saturnino (PSDB), inclusive com influência direta sobre a atual prefeita "Maria Ivoneide da Silva (PSDB), popularmente conhecida como "Neidinha", a oposição de Maxaranguape se reuniu neste sábado, 02, na casa de Hipólito, para traçar planos de agendamentos e organização política visando à eleição municipal do próximo ano, 2012, com o objetivo de derrotar nas urnas e tirar o grupo político do ex prefeito do município "Amaro Saturnino" da prefeitura que, segundo informações dos oposicionistas, já se perpetua por longos 23 anos e pouco fez em benefício da população local.
Os principais líderes políticos da oposição, Toinho Costa (PSB), Evânio Pedro (sem partido), Anderso Miguel (PSDC), Hipólito Barreto (sem partido), Buieco (PSDC), Aldo Medeiros (DEM), vereador Rogério Cruz (PPS), Marta Cruz (sem partido), vereador Alexandre Costa (PSB), Krizaldo (PC do B) e outros estiveram presentes reforçando o início de uma longa jornada que, pelas manifestações, promete ser vitoriosa.
A proposta interna da oposição é de que o candidato escolhido para representá-la sairá de quem estiver melhor nas pesquisas pré eleitoral em 2012.
A grande ausência sentida, pelos presentes, foi a do presidente municipal do PHS de Maxaranguape "Dantas". Que, muito embora, convidado insistentemente, para abrilhantar o encontro com a sua presença, não compareceu e nem avisou que não ia.
Para o empresário Hipólito Barreto, a oposição, com essa composição inicial, já se torna suficientemente forte para enfrentar, vencer e retirar o sistema de Amaro Saturnino do comando da prefeitura de Maxaranguape. "O trabalho a fazer, agora é ir se fortalecendo, gradativamente, até o dia da eleição. E, no período permitido por lei, fazer uma campanha sem deixar espaços para que a situação pratique os atos políticos que todos já conhecem e faz de conta que nada sabe", concluiu Hipólito.
Rogério Cruz (vereador do PPS em Maxaranguape) "O coronel Saturnino não é mais de nada. Está inelegível. Basta a prefeita dizer que não quer mais nada com ele e agir com sua caneta e os vereadores de Maxaranguape em prol do povo que, fatalmente, decretará o fim político de Amaro Saturnino".
Toinho Costa, vice prefeito de Maxaranguape: como é que pode? Amarinho (Amaro Júnior) que é secretário de finanças da prefeitura e filho do ex prefeito Amaro em vez de despachar com a prefeita Neidinha, quando recebe prestação de contas dos Parrachos em Maracajaú, vai despachar com o pai Amaro Saturnino (PSDB)".