domingo, 19 de setembro de 2010

TÁ NEM AÍ

Candidatos governistas não estão nem aí para novos apoios

Por onde tenho andado, escuto sempre as mesmas reclamações de algumas lideranças querendo prestar apoio político às candidaturas da candidata a senador Vilma de Faria (PSB) e Iberê Ferreira de Sousa (PSB) para governo e não conseguem, segundo os reclamantes, em razão dos assessores indicados pelos mesmos, para fazer esse elo de ligação entre as lideranças e os candidatos, estar fazendo , como se diz no popular, ouvido de mercador às solicitações de aproximação das lideranças com os candidatos Vilma e Iberê. Se procede essas reclamações, não consigo entender: como é que numa campanha política as pesquisas apontam esses candidatos sempre atrás nas intenções de votos e eles rejeitam os apoios políticos para somar e melhorar seus desempenhos nas pesquisas?
Me falam que um cidadão chamado Genildo, assessor de Vilma de Faria, é o pior de todos. È mais estrela do que a própria ex governadora que é candidata ao senado brasileiro pelo PSB. "Isso é o que me falam".
"O jargão popular diz: O povo aumenta mais não inventa. Abra o olho Dona Vilma".