quinta-feira, 3 de junho de 2010

SONHO DE CONSUMO

Demora e determinação judicial eleitoral enfraquece chapa governista
Supostamente, dá para perceber que o grupo governista liderado pela ex governadora Vilma de Faria e Iberê Ferreira de Sousa (PSB) ficaram sem opção, as que existem são poucas, para compor uma chapa forte de candidatos para concorrer às eleições. E para complicar, por força da justiça eleitoral, o PMDB ficou impossibilitado, leia-se bloco liderado de Henrique Eduardo Alves, de compor com o PSB. Além de já ter perdido, definitivamente, o presidente da assembléia legislativa, Robinson Farias (PMN) que tornou-se vice na chapa da senadora Rosalba Ciarline.
Para compor com o senador Garibaldi Alves Filho, com a outra banda do PMDB , nem pensar. Garibaldi é Rosalba e não abre. Suposto motivo: Rosalba Ciarline eleita governadora, quem assume a vaga de senador, aberta pela sua saída para assumir o governo do RN, é Garibaldi Alves "Pai".
Mas, todos sabem, declaração dada pela própria ex governadora, que o seu sonho de consumo político, diante de tanta escassez de bons e grandes nomes, é o deputado federal João Maia (PR) para ser o vice de Iberê.
No evento "4 décadas de vida pública", Vilma de Faria (PSB) ficou ao lado do deputado Henrique Eduardo (PMDB). Mas, muito distante para composição política de uma coligação. O deputado João Maia nem compareceu.
A realidade mais palpável para o bloco político de Vilma de Faria é o ex prefeito de Natal Carlos Eduardo Nunes Alves (PDT). Mas, só se acontecer o segundo turno. Ou, se houver uma reviravolta, politicamente falando, muito grande antes das convenções partidárias.