quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

TERCEIRA VIA POLÍTICA EM FORMAÇÃO NO RN

Uma trerceira força política começa a se formar para disputar as eleições agora em 2010

Ex prefeito Carlos Carlos Eduardo Nunes Alves (PDT) falando ao povo de Natal em encontro no clube América quando era prefeito e mantinha, como continua mantendo, sua popularidade em alta
O advogado Joanilson de Paula rego quando da sua capanha para prefeito de Natal em 2008Após ser cantada em versos e prosa, já há algum tempo, a candidatura do vice governador Iberê Ferreira de Sousa (PSB) e, paralelamente, a candidatura da senadora Rosalba Ciarlline (DEM), que praticamente está com sua chapa pronta, para disputar a eleição para governador no RN, eis que surge a candidatura do ex prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), para governo do estado, acompanhado do advogado Joanilson de Paula Rego (PSDC) e do publicitário Sávio Rackradt (PC do B) encabeçando a disputa na mesma chapa para senado da república e com o apoio de seis partidos apelidados pelos grandes de medianos a pequenos no RN. Partidos que ,possivelmente, comporão a terceira estrutura eleitoral na disputa das eleições: PDT, PSDC, PC do B, PTC, PRP, PRB, PSL ( a ser confirmado) e o PT se cumprir com a palavra que deu em apoiar Carlos Eduardo (informações essas dadas pelo próprio ex prefeito, Carlos Eduardo Alves , à imprensa local.
A governadora, Vilma de Faria, que saiu na frente com seu candidato Iberê Ferreira de Sousa, em 2009, está ficando sem muita opção para compor a sua chapa eleitoral. Até o presente momento, apenas o deputado federal João Maia (PR) declarou apoio ao sistema governista. Sem falar que o depuatado Henrique Eduardo Alves ainda possui muitas dúvidas. Principalmente, em função do quadro eleitoral que se formou.
O presidente do Diretório Municipal do PSDC em Natal, Marcos Bezzerra, acha que se a consolidação da chapa eleitoral vier a se concretizar, com absoluta certeza, haverá segundo turno no RN. E as chances de Carlos Eduardo (PDT) serão reais de se tornar o futuro governador do estado do RN. Até porque, o nome de Carlos Eduardo Alves é agregador e arrebata multidões simpatizantes pelo "mito" Alves que o patriarca Aluizio Alves criou e deixou para séculos sem fim e a quem interessar possar diante de um quadro eleitoral. Para os "experts," essa será uma das eleições mais acirradas que o RN irá ter e presenciar.