domingo, 4 de outubro de 2009

O ENEM FOI FRAUDADO E CANCELADO

O que era impossível aconteceu: o ENEM fo fraudado
Com a pretensão de substituir as provas do velho e cansado vestibular o Exame Nacicional de Ensino Médio (ENEM), ao longo da sua existência, tornou-se, no presente, a possibiliadade de acesso imedato à universidade, principalmente, para os estudantes oriundos das frágeis e ineficiente escolas públicas.
Mas a aplicação do concurso, antes que pudesse ser realizada, foi fraudado neste final de semana. Segundo o Jornal Estado de São Paulo, um indivíduo estava vendendo as provas do ENEM por + ou - R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais). Flagrado na execução do seu ato mercantilista, o dito cujo disse ter recebido as provas de pessoas de Brasília. Moral: o exame foi cancelado. (foto do suposto fraudador).
O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), órgão do MEC responsável pela prova, deverá ter um novo encontro com representantes do Connasel (Consórcio Nacional de Avaliação e Seleção), contratado por licitação para executar o processo.
A divulgação da nova data para aplicação do Enem 2009 poderá ficar para quarta-feira (7). No domingo (4), o ministro Fernando Haddad, Educação, contabilizou quatro reuniões que devem ocorrer nos próximos dois dias antes de se definir como ficará o calendário da segunda edição. Provavelmente, o novo exame poderá ser realizado no próximo mês de novembro. Assim, especula o setor da educação no Brasil.