sábado, 3 de outubro de 2009

Conflito no Partido Socialista Liberal (PSL)-RN

O PSL vive momentos de instabilidade política interna

O advogado Arakén Farias que assumiu a comissão provisória estadual do Partido Socialista Liberal/RN em substituição ao anterior presidente, advogado Pedro Quithé, ex-candidato a prefeito de Natal em 2008 obtendo pouco mais de 500 votos, vem enfrentando problemas internos no partido em função de possível insubordinação de Quithé, que segundo Arakén, não admite ser mais o presidente e, sim, um simples filiado. Arakén farias admite que a sua posição de presidente da comissão provisória da legenda foi homologada pelo Diretório Nacional do PSL.
"Sou o atual presidente do PSL no estado do RN, por homologação do Diretório Nacional. O advogado Pedro Quithé entrou com uma ação na justiça e perdeu. Desde 14 de setembro de 2009, também, por determinação da justiça, eu sou o presidente do Partido Socialista Liberal (PSL) de fato e de direito. Mas, o advogado Pedro Quithé continua insistindo no erro e fazendo de conta que ainda é ele o presidente e assinando documentos de forma totalmente irregular. Quero resolver isso da melhor maneira possível. Porém, se ele insistir no erro, vou tomar as devidas providências da mesma forma como fiz até agora", disse Arakén Faria (presidente do PSL/RN de acordo com a documentação que me forneceu).