domingo, 4 de outubro de 2009

CANDIDATURAS DE CIRO E MARINA AMEAÇAM

Coligaçoes correm riscos de não serem concebidas nos estados

As possíveis candidaturas de Ciro Gomes (PSB) e Marina Silva (PV), ex-PT, põe em riscos as formações de possíveis coligações no estado do RN em razão da lei de fidelidade partidária que está em vigor.
O deputado federal Ciro Gomes já se posicionou como pré-candidato pelo PSB e sua aceitação como candidatável à presidencia da república do Brasil vem crescendo nas pesquisas. No RN, a governadora Vilma Faria (PSB), segundo se comenta no meio político, aproveitou a oportunidade e reclamou ao governador de Pernmbuco, Eduado Campos, presidente nacional do Partido Socialista Brasileiro, que se tal ato vier a se concretizar não será possível selar a união do PSB ao PT no estado.
A senadora pelo Acre, Marina Silva, que até recentemente pertencia ao Partido dos rabalhadores (PT) e era a menina dos olhos do presidente Lula na condição de ministra do meio ambiente, se lançar a sua candidatura a presidente do Brasil impossibilitará o Partido Verde da prefeita de Natal Micarla de Sousa de apoiar a candidatura de Rosalba Ciarline (DEM) ou se cligar com o PSB da governadora Vilma de Faria.